capital de giro capital de giro

Entenda como a antecipação de recebíveis por factoring aumenta o capital de giro

6 minutos para ler

Em resumo, capital de giro é uma reserva de recursos financeiros usada para suprir as demandas da empresa em determinado período — por exemplo, ao longo de um mês de trabalho. A questão é: como aumentar o capital de giro?

Uma das principais estratégias é o factoring, também chamado de fomento mercantil. Consiste em uma operação de venda e antecipação de recebíveis, como boletos ou cheques. Assim, a empresa pode contar com recursos que, de outra forma, ainda não estariam disponíveis.

Adiante, esclarecemos quais os benefícios da antecipação de recebíveis para a geração de fluxo de caixa e capital de giro. Por esse motivo, continue sua leitura!

Facilita a obtenção de dinheiro para o caixa

Na administração de empresas, o termo “caixa” é usado para se referir aos recursos financeiros líquidos disponíveis ao negócio. Isto é, o dinheiro que pertence à empresa e está ao alcance dos seus gestores ou donos para investir e pagar contas.

Há uma infinidade de razões que tornam o caixa crucial, como o pagamento da equipe de funcionários e dos fornecedores e o investimento em novas campanhas publicitárias.

Infelizmente, muitas vezes, falta caixa. O motivo: as empresas costumam fazer vendas a prazo, por exemplo, no crediário próprio, enquanto pagam seus fornecedores à vista ou em prazos curtos. Isso cria uma lacuna entre contas que devem ser pagas e recebidas.

Nesse caso, o factoring é uma ótima solução, pois permite a antecipação de recebíveis que só estariam à disposição da empresa no futuro, o que gera caixa de forma rápida e a baixo custo, permitindo que a empresa continue a operar.

facilidades para antecipação de recebíveis

Gera maior agilidade e acerto nas operações

No mundo dos negócios, ficar parado é um caminho certo para o insucesso. Tudo está mudando a passos largos, e sua empresa não pode fazer diferente. Porém, quem demora muito para agir como precisa, com operações lentas, também é muito prejudicado.

Nesse aspecto, empresas de factoring têm uma vantagem sobre os bancos: estão próximas do empresário, entendem sua realidade e podem conduzir um processo mais ágil. Isso não é possível dentro de bancos ou cooperativas, que têm estruturas travosas.

Outro item importante: operações de factoring são menos burocráticas que pedidos de empréstimo ou financiamento. O empresário precisará de um volume menor de tempo, documentos e energia para ter acesso ao recurso financeiro desejado.

Em vista disso, se torna mais rápido gerar o capital de giro necessário à manutenção das operações. Ainda, o tempo excedente pode ser aproveitado para cuidar das questões estratégicas da empresa, o que não seria possível com operações demoradas.

Promove a redução de custos

Quase todas as operações de crédito contam com custo elevados. Há muitas razões para isso, como o excesso de burocracia, o risco de crédito e o poder de mercado dos bancos e grandes instituições financeiras. Nesse processo, as empresas são prejudicadas.

fomento mercantilPowered by Rock Convert

O factoring não é uma operação de crédito — que diz respeito a uma transferência temporária de poder de compra. Além disso, tem uma estrutura mais enxuta, tanto em termos de processos quanto de hierarquia, o que permite o repasse de custos baixos.

Quando os custos são inferiores, a organização pode aproveitar o dinheiro disponível em caixa e usar o capital de giro por mais tempo, mantendo o foco no que é estratégico para o seu crescimento. Desse modo, pode alcançar um desempenho superior.

Por outro lado, ao “desembolsar” mais dinheiro com operações de crédito, como empréstimos e financiamentos, a empresa se torna endividada e cria uma estrutura de custos superior à da concorrência, o que prejudica sua competitividade no mercado.

Torna o empréstimo desnecessário

Entenda o empréstimo como um processo de alavancagem da empresa por meio de recursos de terceiros, como bancos. Esse processo costuma sair caro, porque o dinheiro não é da empresa; e ainda coloca o negócio em uma situação delicada.

Por exemplo, ao solicitar um empréstimo, é comum que a organização tenha que oferecer uma garantia ao banco, como um imóvel de sua posse. Caso não aconteça o pagamento do empréstimo, o patrimônio da empresa é comprometido.

O factoring, ao gerar caixa, torna o empréstimo desnecessário, promovendo um modelo de financiamento direto. Sendo assim, a empresa passa a contar com recursos próprios (não de terceiros) para arcar com suas dívidas ou investir em novos projetos.

Nesse aspecto, evitar o empréstimo pode ser um grande alívio. Também pode manter a saúde financeira da empresa, contando apenas com recursos diretos na composição do caixa. Desse modo, é possível construir um negócio mais consistente.

factoring não é empréstimo

Evita a inadimplência

A inadimplência é caracterizada pelo não pagamento de uma determinada conta — como o empréstimo que foi pego com o banco. Isso gera vários danos colaterais ao negócio, tornando-o menos confiável, competitivo e atraente aos investidores.

Infelizmente, até março de 2019, mais de 5 milhões de empresas brasileiras eram consideradas inadimplentes. Ou seja, tomaram crédito de terceiros e não conseguiram pagar no prazo, tanto pelas altas tarifas quanto pela imprevisibilidade orçamentária.

O uso do factoring gera mais esse benefício ao capital de giro, ao permitir que a empresa não se endivide com recursos de terceiros, afinal, no fomento mercantil, a antecipação é feita com os próprios recebíveis da empresa.

Como você pôde observar, a antecipação de recebíveis por factoring beneficia a empresa de diversas formas, permitindo que seu capital de giro seja bem aproveitado. Primeiro, porque auxilia na geração de caixa de maneira mais rápida e barata. Segundo, porque torna desnecessário o financiamento com capital de terceiros e evita a inadimplência financeira.

No entanto, é preciso contar com uma empresa de factoring que seja de confiança e tenha experiência de mercado e uma equipe de trabalho talentosa para criar acordos do tipo ganha-ganha, nos quais todas as partes interessadas são beneficiadas.

Então, agora, que tal entrar em contato conosco? Podemos lhe explicar melhor o que é fomento mercantil, seus benefícios e como usá-lo dentro da empresa. Até já!

Posts relacionados

Deixe um comentário